Plano maluco para receber rendimentos com seu salário

De tanto quebrar a cabeça tracei um plano que pratico há quase um mês. É um método que exige um alto grau de disciplina, pois é muito fácil perder o controle da situação praticando-o mas lhe dá um rendimento que pelo menos alivia (acho eu) um pouco (bem pouco) o orçamento.

O que é?
Acompanhe seus gastos durante um mês (ou mais, para ter uma precisão maior dos seus gastos). Tendo essa estimativa em mãos, relacione tudo que não possa ser pago via Internet/autoatendimento/cartão de crédito. Contrate um cartão de crédito cujo limite seja sua estimativa de gastos mensais + 200 reais. Pus 200 reais pois quando algum gasto meu se excede, não costuma passar de 200. Coloque o vencimento da fatura cerca de 10 dias posteriores ao dia que você costuma receber (10 dias porque, no meu caso, já chegaram a atrasar em 10 dias meu pagamento e é o dia em que as administradoras dos cartões de crédito fecham a fatura do mês). Quando você receber no próximo mês, aplique todo o seu salário na poupança exceto a quantia para aqueles gastos que não podem ser pagos com cartão de crédito. A partir daí, pague sempre que possível com o cartão de crédito. Nesse momento, esqueça que você tem todo esse dinheiro na poupança até o dia do seu pagamento (que provavelmente cairá antes do dia do vencimento da fatura). Repita novamente o depósito na conta poupança deixando dessa vez um adicional suficiente para pagar a fatura que vencerá 10 dias após. Pronto! Você receberá os rendimentos da poupança (que apesar de serem bem baixos, pelo menos vai ser suficiente para pagar a manutenção da conta, que é o meu caso), utilizará todas as vantagens do seu cartão de crédito (meu cartão me dá pontos para cada dólar [convertido em real] que posso usar para renovar o seguro do meu carro, para trocar por algum produto ou serviço). Há cartões que oferecem descontos para a compra de combustível, em supermercados e até milhas para viajens.

Mas nem tudo são flores: Você deve tomar muito cuidado para não estourar o limite do cartão e nem pensar, como muitas pessoas, no cartão e na poupança como uma coisa só. A poupança servirá única e exclusivamente para pagar a fatura caso ocorra alguma emergência. E caso ocorra tal emergência (gastos extraordinários) você atrasará em um mês suas despesas, podendo entrar na "bola de neve" dos juros rotativos.

Por que a poupança? Porque você não paga nem IR nem IOF - em relação ao CDB, fundos de ações, renda fixa, títulos de capitalização (NÃO É INVESTIMENTO!!!), etc. - considerada por muitos economistas como um investimento de curto prazo (menos de 1 ano de permanência), não exige uma aplicação inicial muito grande e que não tem muitas oscilações de rentabilidade.

Espero que esse artigo tenha valia para inspirar alguém a planejar algo mais bem elaborado e ajude algum cara corajoso que encare essa idéia além de mim. =]
Címkék: cartão gastos planejamento poupança rendimento
25-04-2009 00:08 -nak postázva | 8 Hozzászólások | Kedvencnek jelölve 0 alkalommal | 0 alkalommal nem idevalónak minősítve
 

Hozzászólások

#1     O duro é que a poupança está rendendo abaixo dos índices de inflação... =( mas boa idéia!
-----------
Para o alto e avante!
26-04-2009 18:33 -nak postázva
#2     Shygoth, nada o impede de se escolher um investimento cujo rendimento descontados os impostos sejam maiores que os da poupança. ;)

Valeu pelo incentivo!
28-04-2009 15:57 -nak postázva
#3     Plano maluco sim, mas confesso que achei interessante...
Um fundo de investimento com rendimento maior que a poupança (descontando os impostos) que seja seguro implica num investimento inicial mais alto do que alguns de nós pode estar acostumado... então talvez o melhor seja mesmo manter a grana na poupança e economizar mais por mês até se ter condições de investir melhor
09-05-2009 12:33 -nak postázva
#4     Eu estou começando aos poucos. Já comecei a transferir alguns pagamentos de conta para o cartão e realmente começamos a ter um fôlego maior para algumas coisas :-) Vale a pena ...

Já tive amigos, na época de faculdade, que usaram a estrutura do banco real para ganhar 30 dias de tranquilidade no aluguel.

Eram três pessoas, e eles "usavam" os 10 dias de cheque para o pagamento do aluguel. Resumo, ganhavam 30 dias para pagar o aluguel.

È mais ou menso o que está sendo feito. Aplicando-se o dinheiro com responsabilidade, realmente, é um ganho de 30 ou 40 dias para o pagamento de contas críticas.
-----------
--
Ataliba Teixeira
Web : www.ataliba.eti.br
13-05-2009 19:19 -nak postázva
#5     Agora que comecei o plano, deparei-me com um problema: as contas de aluguel, condomínio, água, telefone e energia vêm em boleto. Consigo pagar boleto bancário por cartão de crédito?
-----------
Para o alto e avante!
12-07-2009 18:39 -nak postázva
#6     Shygoth, eu faco o seguinte: separo o suficiente para pagar as contas em que nao posso pagar com o cartao de credito. Mas pelo Unicard do Unibanco, existe a possibilidade de pagar as contas de agua, telefone e energia pelo cartao. Nunca fiz isso e nao sei se eles cobram algo mais para faze-lo, mas que da, da. Deve ser complicado a parte das contas variaveis como agua, luz e energia (como moro com meus pais, minhas contas ficam fixas, pois pago o telefone + Internet, a faculdade e os cursos extracurriculares).

Desde a postagem venho fazendo o plano, com o rendimento da poupanca ja nao preciso mais me preocupar com a manutencao da conta (por causa dos rendimentos) e a cada dia ganho mais de...  » összes hozzászólás megtekintése
04-08-2009 21:29 -nak postázva
#7     Prato, descobri que se pode pagar boletos por alguns cartões, sim. O único problema é que eles cobram uma taxa em torno de 1% da transação (ou seja, acima do que a poupança pode lhe oferecer). Mas devo confessar que o cartão me ajudou em não entrar na conta-poupança, apesar dos gastos serem poucos.
-----------
Para o alto e avante!
11-08-2009 21:53 -nak postázva
#8     Nossa Shygoth, realmente 1% por transação inviabiliza o plano. Pelo jeito, é melhor usar o cartão apenas pros gastos que não sejam as contas (de luz, água, energia, etc.).

Ótimo que o plano tenha te ajudado! E já que ajudou, espalhe a idéia! Quem sabe isso não ajude outros tb.
12-08-2009 21:19 -nak postázva

Hozzászólás írásához jelentkezz be Bejelentkezve itt